Yoga é para todas as pessoas


Por Carolina Moreira

 

Quando menciono às pessoas que ministro aulas de Yoga, o comentário que escuto com mais frequência é: “Yoga não é para mim, não sou flexível.” Esta ideia pré-concebida, ou (ao meu ver) percepção errônea, geralmente vem do público que: nunca praticou Yoga ou praticou uma vez e não quis continuar por algum motivo específico.

Diversas podem ser as razões de uma pessoa não querer retornar às aulas de Yoga. Pode ter sido pelo fato de ter participado de uma aula que não era necessariamente “ideal” para ela, por exemplo não conseguindo acompanhar a prática de nível mais avançado do que o nível que ela se encontrava no momento. Talvez seja porque frequentou uma aula mais dinâmica, quando buscava uma experiência mais tranquila, lenta, relaxante. Outra variante seria a pessoa não ter comunicado ao professor sobre alguma limitação ou lesão, privando-o de ajudá-la em sua experiência, e deixando de oferecê-la as modificações necessárias para adequar à prática ao seu corpo.

 

Mas, ao contrário do que pode ser pensado, o Yoga é acessível a todos, e aqui estão algumas razões:

1. Yoga é para todos pelo simples fato de que, de acordo com as leis da Natureza, qualquer pessoa, independentemente de suas habilidades, origem e história de vida, têm o direito e livre arbítrio de buscar se conhecer e evoluir, melhorando sua qualidade de vida, e aprimorando suas capacidades. Qualquer pessoa merece igualdade de acesso aos ensinamentos do Yoga, sendo este uma forma saudável e natural de empoderamento individual e despertar espiritual. O Yoga é uma das atividades de maior ascensão no mundo, que segundo estimativas recentes, só tende a crescer também no Brasil, atraindo cada vez mais adeptos.

Yoga pode ser praticado por todas as pessoas, não existem limitações

2. Todos são capazes de praticar Yoga, independente da condição física. É possível encontrar uma aula que atenda as necessidades individuais de cada aluno, e seja adaptada para cada tipo de praticante dentro de suas possibilidades. Se for iniciante, a indicação é buscar aulas mais suaves, de nível básico, que irão introduzir poses e sequências para começar a construir uma base de força e flexibilidade. Se tiver limitações físicas, patologias, lesões, ou qualquer problema de saúde e estiver parado por um tempo, é aconselhável fazer um exame médico antes de iniciar. Se estiver liberado para começar a praticar, é fundamental comunicar o professor sobre as questões de saúde que possa ter. Reservar um tempo para chegar um pouco antes do início da prática e conversar com a pessoa responsável é muito importante para certificar-se de que estará recebendo ajustes e modificações para que a prática se adeque à sua condição atual. As práticas podem ser realizadas com material de apoio, como faixas, blocos e almofadas para o suporte adequado. Existem também aulas online e vídeos em formato de DVD para alunos que vivem ou trabalham em áreas mais afastadas, ou que se sentem mais “intimidados” em participar de uma aula na academia ou em um estúdio de Yoga.

 

3. O ambiente onde as práticas de Yoga acontecem é livre de julgamentos e comparações, assim como a prática, e o aluno se sentirá bem-vindo, acolhido e apoiado, facilitando com que o processo de aprendizado aconteça. Durante a aula, mesmo que em um ambiente coletivo, cada aluno está concentrado em si, no seu próprio corpo e respiração, ou seja, na sua própria experiência e busca. Os alunos NÃO estão percebendo se as pessoas que estão praticando ao seu redor são mais ou menos flexíveis do que eles, ou mais ou menos equilibradas do que eles. A prática requer essa atenção plena individual. Quem está iniciando e não tem esse conhecimento irá rapidamente perceber que, ou deve olhar para si próprio, ou para o professor, que na maioria das vezes fará demonstrações das posturas e movimentos, na busca de auxiliar o iniciante a conhecer as técnicas e obter todos os benefícios.

 

4. Devido ao ritmo de vida moderno mais “acelerado” em que a maioria das pessoas estão inseridas e ao uso constante da tecnologia, as pessoas muitas vezes passam o dia todo com a mente ocupada de ideias, pensamentos e preocupações, sem parar para descansar. O Yoga é uma ferramenta que auxilia na necessidade de passar um tempo mais quieto, introspectivo, se observando e se desligando do externo, de forma consciente. A prática de Yoga facilita a administração do estresse, o despertar da tranquilidade, da criatividade e contemplação. Dessa forma, se faz melhores escolhas na vida, mais saudáveis, que se sustentam por mais tempo.

 

5. Tendo um corpo e uma mente e a possibilidade de respirar, é possível ter acesso ao Yoga. Essa frase dispensa maiores explicações!

 

O Yoga é diferente de qualquer outro exercício físico por ser uma prática inclusiva e pelo praticante poder observar seus efeitos e benefícios não apenas no corpo físico, mas também em níveis mais sutis. É crucial não se deixar intimidar pela terminologia atípica do Yoga, os estúdios de Yoga extravagantes e as posturas de nível avançado. A prática de Yoga regular e ideal tem o poder de ensinar a consciência corporal, a concentração, acalmar a mente e fortalecer o corpo, independente se a pessoa é jovem ou idosa, magra ou obesa, com lesão ou sem. No início, pode não ser fácil, a pessoa pode se sentir estranha e fora do contexto. Mas a quantidade de apoio, confiança e energia que recebe é enorme, e com o passar do tempo e a cada prática o corpo vai se adequando ao Yoga com mais conforto e facilidade.

 

Carolina Moreira (www.yogafreely.com.br) é Life Coach e professora de Yoga. Possui duas certificações em Yoga nos Estados Unidos, pelo Yoga Alliance. Desde 2009, oferece aulas, cursos e workshops em diversas modalidades de Yoga. O seu comprometimento com o Yoga é continuar a oferecer o que há de mais atualizado, consistente e completo nas abordagens do Yoga. A sua intenção como profissional do Yoga é de tornar acessível para as pessoas a simplicidade e sabedoria dessa prática, para que haja uma compreensão da importância da consciência e do equilíbrio emocional, mental e físico para o bem-estar e longevidade.

Deixe seu comentário