/Metas para terapeutas: como transformar o sonho em realidade

Metas para terapeutas: como transformar o sonho em realidade

 

Todos sabemos que para realizar o sonho e a missão não basta apenas sonhar, é preciso planejar e ter as ações necessárias. E dentro do planejamento, encontramos as temidas METAS, que parecem ser entes assustadores que servem apenas para nos cobrar. Mas isso não é verdade, as metas são pequenos passos para alcançar os objetivos. Convidamos a consultora de produtividade Suzana Dias para nos ensinar como elaborar metas inteligentes que colaborem para o nosso sucesso.

 

Suzana Dias, Personal Organizer e Consultora de Produtividade

Começo de ano todo mundo fala em metas e faz suas programações para o ano. Mas a grande maioria não atinge o que planejou, cerca de 60% da população abandona suas metas já no primeiro trimestre do ano.

Isso acontece por muitos fatores, como economia, mudança na família, novas tecnologias que deixam outras obsoletas e por aí vai. Só que geralmente o que nos atrapalha são nossos pensamentos e comportamentos, como crenças limitantes e falta de planejamento.

O primeiro passo para ter uma meta de sucesso é entender o que é uma meta. Eu defino como sendo um sonho detalhado, como por exemplo transformar “eu quero ser terapeuta” (sonho) em “quero ter um consultório onde vou atender 3 vezes por semana com massagens e acupuntura” (meta).

As definições formais de metas inclui:
– ser pessoal: ela tem que dizer respeito a você e realizada por você. Querer que o filho faça medicina, o cunhado para de fumar e o marido ser mais atencioso não são metas, pois a execução não está ao seu alcance.

– ser detalhada: uma pessoa que a ler em um papel deve entender claramente o que significa, deve conseguir fazer uma fotografia mental dela. Voltando ao exemplo do querer ser terapeuta, outra pessoa pode fazer mil interpretações como ser terapeuta de thetahealing ou outra especificação ou atender a domicílio ou consultório próprio ou sublocado.

– estar escrita: justamente por ter várias informações deve estar escrita. Isso facilita o plano de ação e também tem um fator psicológico, pois quando você escreve isso se torna mais sério e formal, como se estivesse fazendo um contrato consigo mesmo.

A técnica mais conhecida para fazer uma meta escrita é a SMART, que em inglês foi formada pelas letras de mais 5 itens que definem uma meta e que também significa inteligente. A imagem abaixo mostra o que significa cada uma das letras:

 

Mas de nada adianta escrever a meta bonitinha e não entrar em ação. É como pegar as receitas com a nutricionista, não seguir o plano alimentar e querer emagrecer. O fato de estar tudo especificado ajuda na hora do planejamento.

No caso do nosso exemplo, temos que ter atividades relacionadas as especialidades que vamos oferecer como uma formação ou aprimoramento na terapia desenvolvida.

Também relacionadas ao consultório como procurar um imóvel, decorar e regularizar nos órgãos responsáveis para o atendimento. Fora toda a parte operacional como marketing, agendamentos e controle de clientes, financeiro, etc.

Muita coisa né?! Se não estiver anotado e uma sequencia lógica vamos nos perder e perder tempo, dinheiro e energia. Por isso mesmo que o planejamento é fundamental, até porque o terapeuta também tem vida pessoal e o equilíbrio é necessário.

Se quiser aprender mais sobre as metas, planejamento, organização e mentalidade para conquistar seus objetivos conheça o curso online Metas: como realmente alcança-las com um desconto especial e exclusivo para os leitores do Portal nesse link:
https://www.udemy.com/metas-como-realmente-alcanca-las/?couponCode=PORTALTERAPEUTAS

 

Como você faz para criar as suas metas? Criar metas já te ajudou a conquistar sonhos? Conte pra nós aqui nos comentários.

Deixe seu comentário