Aromaterapia: como aplicar na rotina diária de atendimento de terapia holística


A aromaterapia baseia-se na utilização de óleos essenciais, produzidos pelas plantas e que possuem diversos efeitos terapêuticos, tanto físicos, como psíquicos e emocionais. Estes óleos são naturais, ou seja, não são sintetizados em laboratório, e esta é a principal diferença em relação as essências.

Terapeuta Karenn Mirpa Nhusta Manta

A aromaterapia pode ser utilizada para potencializar as terapias holísticas. Quem explica mais a respeito é Karenn Mirpa Nhusta Manta, co-inspiradora do Clã Sacerdotisas da Terra, que atua como gineterapeuta, floralterapeuta dos Florais da Amazônia, aromaterapeuta e facilitadora de cursos na metodologia da Terra Flor Aromaterapia.

Um exemplo importante da sinergia de técnicas é utilizar os conhecimentos dos óleos essenciais e da massoterapia para promover um tratamento intensificado para o cliente. Karenn afirma que é possível elaborar um óleo de massagens de base vegetal com gotas de óleos essenciais de ação terapêutica específica para as necessidades das pessoas, reforçando a massoterapia com óleos anti-inflamatórios, analgésicos, antiestresse, revitalizante e outras ações terapêuticas.

Karenn também sugere o uso de difusores com óleos essenciais nos ambientes de atendimento do terapeuta, cita inclusive a importância de preparar o ambiente para que o cliente esteja mais conectado, mais centrado, mais presente e assim aproveite integralmente os benefícios das terapias. Os óleos essenciais também são importantes para a limpeza dos ambientes, tanto energética quanto física, como exemplo no inverno, época em que é comum as pessoas ficarem gripadas, é importante usar óleos que reforcem a imunidade e que tenham ação bactericida.

Além dos cuidados com os clientes, Karenn incentiva o autocuidado do terapeuta, afinal, é necessário estar bem para poder ajudar as outras pessoas. Uma sugestão dada por ela é o uso de colar aromático, no qual a pessoa carrega consigo o óleo necessário para equilibrar-se, irradiando também o aroma por onde passa, beneficiando as pessoas ao seu redor.

A terapeuta reforça a importância de se usar um óleo de boa procedência, 100% natural e que não seja adulterado. Ressalta também a importância de não fazer uso de essências, pois elas podem causar irritação na mucosa nasal, dor de cabeça e até enxaqueca, além de não possuir as propriedades terapêuticas.

Para saber mais a respeito do uso dos óleos essenciais e sua aplicação no dia a dia, Karenn ministrará o curso Aromaterapia: Bases para a Prática, em Curitiba, nos dias 28 e 29 de outubro de 2017 e em Ponta Grossa nos dias 11 e 12 de novembro de 2017. O Portal Terapeutas Brasil é parceiro na realização deste evento. Para mais informações, clique aqui.

 

Você já utiliza a aromaterapia no seu atendimento holístico? Conte aqui para nós nos comentários.

Deixe seu comentário